20 de março de 2010

V Domingo da Quaresma: É SEMPRE TÃO NOVO TUDO O QUE DEUS FAZ!










Quando Jesus irrompe na vida de alguém,
interrompe a normalidade de um percurso,
e rompe essa vida em duas partes desiguais:
uma que fica para trás,
outra que se abre agora à nossa frente,
recta como uma seta directa a uma meta,
a um alvo, um objectivo intenso e claro,
tão intenso e claro que na vida de cada um
só pode haver um!

D. António Couto

2 comentários:

  1. Se deixamos que Jesus "ocupe" a nossa vida, as Suas marcas ficam visíveis.
    Porque transformam e operam mudança e desejo de um único rumo, um "objectivo intenso e claro"
    Nem sempre fácil é esse caminho, é lento e com obstáculos.
    Com medos, sentimentos e inseguranças que não nos deixam ver claro.

    Ajuda-me, Senhor, a estar atento e a perceber, mesmo sem sinais "visíveis" o rumo certo.
    A deixar para trás a vida "normal" e sem meta clara, que nos impede de avançar sempre mais para a verdadeira "vida" oferecida por TI.

    Abraços

    ResponderEliminar
  2. Zé Tó
    È verdade que quando se aceita o caminho de Jesus os passos não podem desviar-se da meta final que é amar a Deus e ao próximo como a mim mesmo
    Obrigada
    Utilia

    ResponderEliminar

Alma que espera...

A esperança é sempre uma boa aposta se for esperança em Deus. Ele é que é a fonte da esperança e Ele não desilude! Eu confio...