27 de julho de 2011

Nova Missão! A mesma alegria!


Hoje o Bispo da Diocese de Aveiro torna público o Movimento Eclesiástico ou seja, o conjunto das nomeações que realiza em cada ano para o trabalho pastoral da diocese. O Jornal Correio do Vouga apresenta essas nomeações. Entre elas, figura também o meu nome com a nova missão que me pede a Igreja que peregrina entre o mar, a ria e a serra, por terras de Aveiro.
Depois de ano e meio por terras de Águeda, onde cheguei em Outubro de 2009 ainda como diácono, pede-me a Igreja, por intermédio de D. António Francisco, que sirva na comunidade paroquial da Glória (Sé), em plena cidade de Aveiro, como Vigário Paroquial.
No dia da minha ordenação, no ano passado, prometi ao meu Arcebispo e aos meus superiores obediência e fidelidade, atitudes que assumo e quero continuar a assumir, com determinação e na prossecução dos objectivos delineados para a minha vida: ser feliz, seguindo Jesus Cristo! Foi com esse espírito que aceitei a nova missão que passa agora por terras aveirenses, sem alterar a alegria, o ânimo, o entusiasmo, a energia, mas mantendo também as minhas tantas limitações e falhas…
Ainda não é tempo para agradecimentos nem para despedidas (se é que tem que haver despedidas!!!). Para já, este fim-de-semana regresso a Águeda para continuar o caminho e o trabalho que tenho marcado com a ainda minha equipa sacerdotal da UPA. Seguem-se, depois, as Jornadas Mundiais da Juventude onde quero estar de corpo e alma, com tantos jovens da diocese. E depois logo se verá. Mas tudo será sempre para maior glória de Deus!
Nada mais que isto está acertado. Sei que estarei na Paróquia da Glória, no próximo ano pastoral, com o Pe. Fausto e com o Pe. Virgílio, para continuar a ser feliz e a ser transparência de Deus para todos.
Como me disse, recentemente, alguém que estimo: “Somos padres ao serviço da Igreja, onde quer que seja. Sempre “nómadas”.
Assim quero continuar!

Pe. JAC

2 comentários:

  1. na beleza de nos sentirmos amados, acresce-se um je ne sais quoi de responsabilidade acrescida. Deu pra ver que és querido, estimado... amado pelos irmãos de Águeda.... até pelo dodi!(suponho que seja bichinho!)

    vais continuar a sê-lo. "és etenamente responsável por tudo aquilo que cativas."

    ResponderEliminar
  2. Aveiro não é longe, apenas alguns "Km" e o Vouguinha ainda funciona.
    Que, aonde quer que se encontre exista Sempre a Luz .
    Grande abraço em Cristo
    Utilia

    ResponderEliminar

Alma que espera...

A esperança é sempre uma boa aposta se for esperança em Deus. Ele é que é a fonte da esperança e Ele não desilude! Eu confio...