23 de março de 2013

Caminho Pascal: poema no Domingo de Ramos






Caminhamos para a Páscoa libertadora
Entre ramos de oliveira e cantos de vitória,
Porque é Jesus a fazer por nós o caminho
A lavar miséria humana com sangue divino.

Caminhamos contemplando a paixão
E a Ele unimos nosso coração.
É Nele que depositamos a confiança
E quem Nele confia vive com esperança.

Senhor Jesus, amante da humanidade
Que caminhas e carregas, lancinante,
O peso mortal, em bruto, da minha cruz...

Graças pelo amor e pela fidelidade
Que Te leva ao Calvário, triunfante,
Donde brilha para todos vida e luz!

Pe. JAC

Sem comentários:

Enviar um comentário

A Deus o que é de Deus!

De Deus é a terra é tudo o que ela contém, de Deus é o homem, aquele homem que é como um sopro que passa, mas que também é um pouco infe...