25 de maio de 2014

Não ficaremos órfãos! Poema VI domingo da Páscoa




Não ficaremos órfãos!
Para Deus, seremos sempre filhos,
Sempre ligados e cuidados,
Unidos e queridos.

Não seremos escravos!
Nem prisioneiros!
Para Deus, seremos sempre livres
Íntegros e inteiros.

Seremos transparência,
Luzeiro do firmamento,
De Jesus, guardando
A lei do amor, seu mandamento.

O Amor!
Só traz comunhão,
Gera relação e comunicação.
Como a Trindade!
O Amor!
Dom do Céu,
Para se ver sem qualquer breu
A Eternidade!


Pe. JAC

Entrevista ao "De Colores"

Quando chega um qualquer dissabor fixo-me naquele primeiro amor que me fez firmar a vida toda em Cristo, transformando as dificuldades e...