2 de agosto de 2014

A alegria de repartir! Poema no XVIII domingo comum




A fome do povo do Senhor
sacia-se com Amor
dividido e multiplicado,
repartido e partilhado.

Aqueles que a Jesus encontram
nunca hão-de iguais voltar.
Nele a fome vão matar
sem ter que comprar.

Que nada nem ninguém
nos afaste do Pão da Eucaristia.
E quem O receber
O partilhe com alguém,
pois quem reparte com alegria,
é bem aventurado aqui na terra
e mais feliz ainda no Além!



Pe. JAC

Sem comentários:

Enviar um comentário

A Deus o que é de Deus!

De Deus é a terra é tudo o que ela contém, de Deus é o homem, aquele homem que é como um sopro que passa, mas que também é um pouco infe...