17 de janeiro de 2017

esperança que crê e ama

Nos momentos mais felizes como nos momentos mais profundos, mesmo quando são de sofrimento, imaginamos uma esperança que crê e que ama: a esperança de quem se sente amado, querido, apoiado no quotidiano, num crescendo de sentido, de alegria, de operosidade construtiva, que vai para além de todos os limites. Esta é a esperança que vem de Deus?

Carta aos que procuram Deus, Conferência Episcopal Italiana, 2009

1 comentário:

  1. Uma esperança que nos renova com a graça de Deus, beijinhos muitas felicidades

    ResponderEliminar

A Deus o que é de Deus!

De Deus é a terra é tudo o que ela contém, de Deus é o homem, aquele homem que é como um sopro que passa, mas que também é um pouco infe...