13 de janeiro de 2009

Mão de Deus



Nenhuma palavra me explica o sofrimento
Toda a esperança foi levada pelo vento
E meu rosto é janela da dor do coração
Senhor, só teu braço pode dar-me salvação.

Do negrume e lamaçal tu me podes levantar
Minha tristeza e agonia podes transformar
E sei que um dia o Teu aconchego virá
E a Tua mão forte e suave me sustentará.

inédito José António Carneiro
10/01/2008

Sem comentários:

Enviar um comentário

A Deus o que é de Deus!

De Deus é a terra é tudo o que ela contém, de Deus é o homem, aquele homem que é como um sopro que passa, mas que também é um pouco infe...