29 de maio de 2009

Padre preso por "Obama". Chocado!


Perseguido pela justiça

[Norman Weslin é o nome do padre que foi preso por protestar contra o prémio que o "Obamaborto" - como chama Wagner o presidente dos EUA - ganhou duma universidade católica. Representamos, nós católicos pró-vida - como se fosse possível haver católicos pró-aborto -, esse padre e queremos dar apoio à sua atitude. "Você é louco? Apoiando um criminoso?" Eu quero aprovar mil vezes o Pe. Norman Weslin do que apoiar esse presidente medíocre que é Barack Obama, financiador do assassinato de inocentes. Deus tenha misericórdia de todos, inclusive do Pe. Norman.]

Protesto contra Obamaborto dá cadeia


Um padre foi preso na companhia de 18 pessoas nos Estados Unidos, na última semana, por protestar contra uma homenagem ao presidente Obamaborto em uma universidade católica. Padre Norman Weslin representava mais de 100.000 pessoas de diversas nacionalidades que se manifestaram, por meio de abaixo-assinado, contrárias a recepção que a academia americana de Notre Dame faria ao extremista pró-aborto que governa o país.

A “PUC” americana perdeu 13 milhões de dólares em doações retidas por causa da homenagem a Obamaborto.





"Parte-se-me o coração"

"Nunca visto na história dos Estados Unidos"

"Só posso chorar pelo país"


Atam-lhe as mãos:


Cai no chão e reza à Virgem Maria.


O sacerdote exorta os policiais a pensarem: “vocês estão prendendo um sacerdote católico por tentar salvar a vida de uma criança?! Pensem! Não percebem que estão raciocinando ao contrário?”

Alan Keyes



Outras detenções:








notícia aqui
e aqui

Jesus é Deus que passa, ama e chama. (3º domingo comum)

Jesus é Deus que desce ao nosso mundo, Caminha pelas nossas estradas, Percorre as nossas praias, Visita as nossas casas, Vem te...