6 de outubro de 2009

Linguagem universal




A linguagem do amor é universal
Compreensível em toda a parte
Irrompe como hino triunfal
Na expressão “Para sempre amar-te”.

Ainda que a língua não ajude
Qualquer gesto de amor se entende
Ainda que a atitude não mude
Criar fraternidade é o que se pretende.

A vida vale por gestos que significam
Que tragam à terra a bondade dos céus
Que a todos englobem no mesmo fulgor

Assim mesmo os laços se intensificam
E salta, irrompendo, a ternura de Deus
Que grita bem alto "Eu sou o Amor".

8.9.09

5 comentários:

  1. Ele grita que é o Amor! Mas a gente não quer entender, não quer escutar, não convém conhecer. É mais cómodo ficar indiferente, pra quê entender esse amor! Amor dá trabalho, preocupação, desgosto,tristeza, intriga, desentendimento.
    Muita força,
    Um abraço!

    ResponderEliminar
  2. Lindíssimo poema!
    Todo o Amor vem de Deus.

    Bjos

    ResponderEliminar
  3. Obrigado pelos comentários e pela força.

    Ainda bem que todo o amor vem de Deus.

    ResponderEliminar
  4. Dá mesmo para pensar
    Como São Paulo na sua primeira carta aos Corintios 13,1
    Mesmo que eu fale em linguas,a dos homens e a dos anjos, se me falta amor, sou um metal que ressoa, um simbalo retumbante...
    Força JAC
    Deixo aqui um abraço grande em Jesus

    ResponderEliminar
  5. Obrigado

    também estou de mãos dadas.
    estamos todos à luz do mandamento o do amor.

    força para todos

    ResponderEliminar

A Deus o que é de Deus!

De Deus é a terra é tudo o que ela contém, de Deus é o homem, aquele homem que é como um sopro que passa, mas que também é um pouco infe...