17 de fevereiro de 2010

Quaresma 1.º dia: Começar o caminho reconhecendo o que somos




Quarta-Feira de Cinzas. Início da Quaresma, tempo forte para os cristãos, que responsavelmente preparam a celebração da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo, mistério central da nossa fé.
Começamos o caminho reconhecendo aquilo que somos. Somos pó, somos cinza, somos terra, somos criatura, não criadores, somos pequenos, frágeis e limitados.
O rito da imposição das cinzas vem recordar-nos que Deus deverá ser o centro da nossa vida. A Quaresma é, assim, a hora da humildade (do latim humus = terra), hora da deixar o egocentrismo e tornarmo-nos teocêntricos e cristocêntricos. Deus vê o escondido e vê o interior. Deus anda pelos segredos do nosso coração…
Isto é conversão, voltar o coração para Deus.
A Quaresma é o tempo em que Deus nos grita “Volta para Mim”, “Volta para Mim de todo o coração e com todo o coração”. “Rasga o teu coração e não os teus vestidos”. Rasga o que te impede de ver Deus, de te encontrares com Ele, de o experimentares…
Que grande oportunidade temos nestes 40 dias santos, de caminho, interior e exterior, de ascese, de arrependimento, de reconciliação, de confissão…

 

Quarta-feira de Cinzas



Sabes, Senhor, que em diversos momentos
Não sou totalmente puro
Porque ajo para ser visto e admirado
Porque procuro o poder, o prestígio, a boa imagem.

Chamas-me a atenção
Para o perigo da falsidade e da mentira
Das artimanhas e dos esquemas
Para agradar apenas os outros.

Sabes os meus erros e as minhas falhas
E vês os escuros do meu coração.

Por isso, peço com humildade,
Coberto de saco e de cinza:
Limpa-me da vaidade e da hipocrisia
E faz-me coerente e verdadeiro.

A isso me proponho também
Neste tempo quaresmal,
Esta nova oportunidade que me dás
Fruto do Teu amor por mim.



 Tanta coisa a mudar na minha vida. Um caminho que me é oferecido como graça, como tempo favorável. Que eu o aproveite, que Deus me dê a graça de o não desperdiçar.




Que a partir de hoje comece já a ser Páscoa, vida nova, na minha vida.


Amanhã reflectimos com a Utilia

10 comentários:

  1. quando começo a reconhercer que sou incapaz de caminhar sozinha que preciso de Cristo para me apontar o caminho , que preciso reconhecer o quanto sou pequenina e imperfeita e que a Luz de Deus reascende o meu caminhar .É quando começo a entender que a morte é apenas um estado de transformação. Que é no meu sacrifício em andar sobre as pedras e retirá-las que avanço mais pelo aprendizado que Cristo vai me oferecendo, me acolhendo e sobretudo me resgatando à verdadeira vida!

    obrigada pela partilha,

    abraços fraternos,

    Gisele

    ResponderEliminar
  2. Caminhar... ao encontro do nosso 'eu' mais escondido e ver as cinzas de que somos feitos...
    Caminhar... para beber do silêncio e da escuta...
    Caminhar... para ir mergulhar na água que nos lava... nos purifica, nos dá vida.
    Renascer.
    Obrigada pela reflexão.

    Unidos na caminhada.
    Bjos

    ResponderEliminar
  3. Este dia é para mim já por si só uma introspeção.
    Sinto-me nada, mas como dentre de mim há fé e me sinto amada por Deus, sou uma criatura de Deus sou feliz.
    Sou pó claro, mas com Deus de Jesus Cristo a caminhar comigo esse pó de cinzas rápidamente se transformará em pó de ouro brilhante
    Este post é lindo vamos ver o que o Espirito Santo nos inspira para amanhã
    obrigada
    Zé Tó
    Beijinhos da amiga Utilia
    E em união de Espirito na camminha

    ResponderEliminar
  4. E de novo chegados a mais uma Quaresma.
    Um tempo único para "nós" que andamos distraídos, apressados, sofridos, desanimados, cinzentos, tal como a cinza.
    São 40 dias para aprendermos a caminhar com coragem de confrontar as nossas dúvidas, medos e receios.
    Mas com a confiança de quem chegará, passo a passo, ao "grande" Dia, certos de que
    "Tudo é possível a quem crê!"

    Que não nos falte a coragem.
    Abraços

    ResponderEliminar
  5. texto muito bonito zé .
    voltemo-nos para o senhor , e purifique-mos o nosso espirito nesta caminhada ...

    juntos em união até a ressureição ..

    beijinhos .

    ResponderEliminar
  6. José António,

    Não consigo fazer caber nesta caixa de comentários o que tiro da reflexão e dos comentários que li. Então só posso mesmo agradecer a partilha e os mesmos.

    Com um abraço.

    ResponderEliminar
  7. Olá!

    Uma Santa Quaresma para todos na Paz e Amor de Cristo, entregando-lhe a nossa vida para com Ele nos convertermos e Lhe entregarmos o nosso coração.
    Arrependa-mo-nos e acreditemos!
    Abraço em Cristo
    Zé Gusmão

    ResponderEliminar
  8. Por mais palavras que procure sei que não encontro as adequadas para expressar o que sinto. Fico apenas pedindo para que Deus me dê a humildade, serenidade e alegria para caminhar nesta união tão necessaria a todos como Filhos de Deus.
    Vinde Espírito Santo e iluminai a terra.
    Um abraço em Cristo e Maria.

    ResponderEliminar
  9. Quando reflectimos na humildade, como hoje nos fazes reflectir, José António, reflectimos sempre em algo que é muito dificil de alcançar e até a maior parte das vezes dificil de perceber bem o que é.

    Seria muito bom reflectirmos em conjunto, que "coisa" é esta a humildade.

    Retenho também esta tua frase «Que a partir de hoje comece já a ser Páscoa, vida nova, na minha vida.», para que realmente percebamos que a Quaresma é sempre um caminho para a Ressurreição, para a vitória, para a alegria, não é um tempo de tristeza, mas um tempo de luta com nós próprios, para sempre mais um pouco «perdermos a nossa vida, para a ganharmos»

    Abraço amigo em Cristo

    ResponderEliminar
  10. Em 1º lugar, peço desculpa de só agora vir aqui. Vários contratempos me impediram, julguei não conseguir cumprir com a minha parte.

    Nesta belissima reflexão, o que encontro de mais urgente é:

    "Tanta coisa a mudar na minha vida"

    Senhor, ajuda-me a amar-TE mais.
    Senhor, ajuda-me a confiar mais em TI.
    Senhor, ajuda-me a esvaziar-me de mim, para que TU sejas em mim.

    A Paz de Cristo

    ResponderEliminar

Alma que espera...

A esperança é sempre uma boa aposta se for esperança em Deus. Ele é que é a fonte da esperança e Ele não desilude! Eu confio...