20 de dezembro de 2010

Essência do Natal

Não barulho, mas silêncio.
Não gastos, mas partilha.
Não tristeza, mas alegria.
Não indiferença, mas compromisso.
Não rejeição, mas acolhimento.
Não aparência, mas essência.
Não tantas palavras, mas a Única Palavra:
Jesus de Nazaré,
Verbo,
Logos,
Dabar.
Presente de Deus!
Presente para todos!

(adapt. de A. Ginel, por JAC)

Aproveito para desejar a todos os meus amigos um Santo e Feliz Natal. Já o disse e repito: será santo se for o Natal de Jesus.
PS. Continuo por cá. Mas esta semana é difícil tirar tempo para passar por aqui. Peço e rezo a Deus.

Entrevista ao "De Colores"

Quando chega um qualquer dissabor fixo-me naquele primeiro amor que me fez firmar a vida toda em Cristo, transformando as dificuldades e...