8 de janeiro de 2011

Conclusão da Caminhada de Advento/Natal 2010

Último dia
Domingo do Baptismo do Senhor


Deixa Deus falar:

Naquele tempo, Jesus chegou da Galileia e veio ter com João Baptista ao Jordão, para ser baptizado por ele. Mas João opunha-se, dizendo: «Eu é que preciso de ser baptizado por Ti e Tu vens ter comigo?». Jesus respondeu-lhe: «Deixa por agora; convém que assim cumpramos toda a justiça». João deixou então que Ele Se aproximasse. Logo que Jesus foi baptizado, saiu da água. Então, abriram-se os céus e Jesus viu o Espírito de Deus descer como uma pomba e pousar sobre Ele. E uma voz vinda do céu dizia: «Este é o meu Filho muito amado, no qual pus toda a minha complacência».
Mt 3, 13-17


Procura compreender o que Ele te diz:

Confundindo-se com os pecadores do Seu tempo, Jesus submete-se ao baptismo de penitência de João, num gesto de humildade, que enche de admiração o Precursor. O Pai, porém, glorifica o Seu Servo, proclamando que ele é o Seu Filho.
A Boa Notícia da salvação, começa pois, com este anúncio solene: Jesus Cristo, é, verdadeiramente, o Filho de Deus.
Ele desce para que nós subamos. O Jordão torna-nos filhos do Filho e irmãos em Jesus Irmão.
Hoje olhamosJesus vergado sobre a água do Jordão, a fim de nos dar o exemplo e para se mostrar integralmente solidário com a nossa humanidade.
É Deus Pai que nos apresente Jesus: Este é o meu Filho muito amado, no qual pus toda a minha complacência.
Notemos que Jesus não é somente servo mas também Filho. É como Filho e Servo que o vemos.
O Baptismo de Jesus revela a sua missão: agir pela força do Espírito Santo, pregando, anunciando, fazendo milagres, vivendo em total e amorosa obediência ao Pai que o levará a estender os braços e a doar-se no alto da Cruz.
Isto porque o Filho Amado é também o Servo do Senhor.
Contemplando o belo quadro do baptismo renovemos as nossas promessas e compromissos baptismais.

O que respondes a Deus que te fala?

Tu, Senhor,
Baixando ao Jordão
Fizestes-nos subir para o Pai.
Faz que a partir deste Natal
Sejamos, de facto, Filhos e Irmãos.

Rezemos a oração dos filhos e dos irmãos:
Pai Nosso…

Avaliação da Caminhada:

Objectivamente, termina hoje a nossa caminhada. Com a Festa do Baptismo do Senhor termina o tempo litúrgico do Natal. Amanhã é já Segunda-feira da I Semana do Tempo Comum.
Cabe-me uma palavra geral, conclusiva desta nossa caminhada.
No cômputo geral, pareceu-me bem. A participação foi comprometida por todos. E até aquele impasse vivido na semana antes do Natal permitiu que todos nos pudessemos comprometer mais no intuito colocado no início da nossa caminhada.
Gostava de realçar a elevação espiritual colocada nas participações. Efectivamente o Espírito de Deus sopra onde quer e como quer e, não duvido que soprou nos nossos corações e mentes, durantes estas dezenas de dias de Advento e Natal.

Com a nossa caminhada não beneficiamos apenas nós. A página do Facebook (palmas ao Fernando Cassola!) permitiu alargar os nossos horizontes a outros “amigos reais e virtuais”. Também eles, com certeza, tiveram possibilidade de ter um Advento e um Natal mais rico, mais santo.
Mas, a palavra de agradecimento é para todos e para cada um!

Continuo a crer que as novas tecnologias da informação e da comunicação são âmbito privilegiado para a Igreja. E o Papa tem alertado para isso… Da minha parte não esmoreço nem desanimo em afirmar a minha fé em Jesus neste que é um espaço virtual. Creio que todos estão comigo neste propósito!

Depois de afirmar isto, possivelmente poderá não cair bem o que digo agora a seguir: espero e quero que continuem a existir este tipo de caminhadas, particularmente nos tempos litúrgicos mais fortes. No entanto, comprometendo-me nessas mesmas caminhadas, não assumirei mais nenhuma vez o papel de moderador/coordenador (como lhe quiserem chamar). Não há outro motivo para esta decisão a não ser a minha extrema dificuldade de tempo. Nove paróquias e mais todos os trabalhos pastorais arciprestais e diocesanos que me pedem não me permitem a necessária disponibilidade para esse trabalho, deixai-me dizer, mais logístico e organizativo. Espero que outros possam assumir esse trabalho já na próxima Quaresma/Páscoa.

Resta uma palavra final, carregada de esperança e confiança.
A mão do Senhor sustém-nos.
É lá que estamos gravados e tatuados.
Não esqueçamos que Ele está connosco até ao fim dos tempos.
Oxalá, possamos nós estar com Ele até ao fim do nosso tempo.

Bem haja a todos.

5 comentários:

  1. Pe. Jac,

    Não poderia ser diferente a conclusão dessa abençoada caminhada, nesse dia tão lindo que a Igreja lembra o Batismo do Senhor.

    Abençoada postagem, onde me senti tocada com a humildade e obediência de João.

    Padre Jac, pra mim essa caminhada foi muito abençoada.
    As postagens foram muito lindas e muito profundas, em cada uma delas, o Senhor me falou de alguma forma. Isso era tudo que eu precisava, nesse momento de minha vida; caminhar com pessoas que buscam forças, que partilham e estão caminhando em direção ao Senhor.
    Além disso, ganhei muitas amizades, aprendi muito e estou muito feliz por ter tido essa oportunidade.

    Agradeço mais uma vez pelo acolhimento e a Maria Luiza, que não mediu esforços para me incluir na caminhada.

    Vocês todos estão em minhas orações.

    Abraço fraterno,

    ResponderEliminar
  2. Foi uma bênção poder ter feito este caminho convosco. Umas vezes mais assídua e participativa do que outras, é certo, porque estes tempos de festas são também de trabalho mais apertado.

    Muito nos fica destas reflexões em conjunto - "Ele desceu para que nós subamos" - Obrigada!

    Abraços a todos os caminhantes - peregrinos.

    ResponderEliminar
  3. Sr. Pe. JAC,
    Muito obrigada pela sua reflexão e palavras que nos dirigiu neste final de Caminhada.
    Que a Luz do senhor a todos conduza.
    Desejo que prossiga o seu Ministério sempre com Coragem e a Força do Espírito Santo de Deus.
    Abraço fraterno.
    Ailime

    ResponderEliminar
  4. Padre Jac
    Lindo fim de Caminhada .
    O Baptismo de Jesus para pôr fim a esta caminhada... que esperemos continue sempre na nossa vida e também claro para a Quaresma.
    Apesar de terem participado pessoas muito diferentes, a caminhada foi justamente rica no ajustar dessas diferenças.

    Marcaram os factos biblicos.
    As orações de cada um e também tantas pessoas que nos acompanharam.
    Gostei imenso.

    Para a próxima seria bom:
    Que cada pessoa que coloca o post do dia tivesse o cuidado de assinalar o caminhante que se segue.
    Também seria bom que cada um dos participantes comentasse o post do dia, muitas vezes os comentários são tão ricos ou mais que o próprio post.

    Como esta foi uma primeira no Face Book apesar de algumas dificuldades técnicas a Caminhada não foi má.
    Mas quem poderá falar serámesmo cada um dos que participou ou acompanhou, ás vezes os resultados só se apresentam mais tarde , mas o que é verdade é que a Palavra vivida e partilhada é uma grande Força.

    Peço imensa desculpa pelo enorme comentário.
    A Caminhada foi grande.

    Quero antes de acabar agradecer-lhe essa disponibilidade e esse "sabor", que nos transmitiu pela Biblia.
    Obrigada
    Utilia

    ResponderEliminar
  5. Pe. Jac, assim como comentário em meu blog é por demais importante prá mim, assim também não me abstenho de comentar aqui e dizer que conhecer as meninas e o senhor foi uma bênção. Já o disse inúmeras vezes o quanto a minha espirtualidade ganhou com essas meninas tão orantes, tão dedicadas nos comentários edificantes que fazem. São tão bons que ampliam ainda mais o espírito, apaziguando-o e suprindo-o também. Bendita seja a pessoa que teve essa idéia. Perfeição não houve, mas no geral foi bem. Eu fiquei feliz e ficarei honrada se aparecerem mais caminhadas e se lembrarem de mim. Abraço em Cristo!

    ResponderEliminar

Fidelidade (Great Is Thy Faithfulness)

A fidelidade do Senhor permanece para sempre!