12 de abril de 2011

Ufa: ainda consegui hoje porque me "segredaram" ao ouvido!



Olá a todos os companheiros de caminhada.

Sei que as desculpas não se pedem, evitam-se!
Mas hoje sinto-me na obrigação de as pedir.

Eu sei que todos sabem da dificuldade da vida dos padres por estes dias de quaresma. E a minha não é diferente!
Entre confissões, celebrações, vista aos doentes... o tempo todo se esvai!...
Deixai que vos diga que hoje estive de manhã a confessar, a sacramentar e a celebrar Missa com doentes e idosos da Casa de Repouso, em Barrô. De tarde, estive a visitar doentes também na paróquia de Barrô. Pelas 17h, em Fermentelos a confessar dezenas de pessoas. Às 19h15, em Águeda, a presidir à Missa. Às 21h00 na igreja da Trofa a confessar durante 1h30minutos...
E só agora, (porque na Trofa alguém me segredou ao ouvido que era eu a escrever no blogue!) ao chegar a casa, para descansar de um dia muito cheio, dei conta que era mesmo o meu dia de partilhar convosco, sugerindo passos para a nossa caminhada conjunta....
Por tudo peço perdão. Sei que estive a fazer hoje e nestes dias intensos de Quaresma o que é a minha obrigação, minha missão e meu ministério! Todos compreenderão, com certeza.

Mesmo assim, não podia dormir descansado sem umas linhas de partilha para a nossa caminhada.
Volto a pedir desculpa pela minha acentuada, mas também aparente ausência. Pelo menos na minha oração não me esqueço dos meus colegas caminhantes.

E hoje partilho apenas e só mais um poema, escrito como resposta a liturgia de hoje:


Sei que és o Filho de Deus, Jesus,
E que Te fizestes homem para ensinar
Por meio da vida que levastes.
Muitos não compreenderam
Interpretaram mal
Ou não quiseram compreender
Por seres incómodo.
Hoje, quero que me faças coerente
Na vida e nas palavras.
Retira-me a hipocrisia e a falsidade
Das acções que não se coadunam com as palavras.

Quero que sejas meu ânimo
Minha bússola orientadora.

Que sejas minha força:
Tua Palavra alimento,
Tua amizade entusiasmo.
E Tu sejas sempre o meu centro.

12 comentários:

  1. Pe Jac, a sua benção!

    Como não entender a vida corrida de um Padre, se somos dessa tão amada Igreja?
    Principalmente nessa época da Quaresma, onde os fies procuram ainda mais os Padres para a reconciliação.
    Essa é Missão que Deus lhe confiou, cabe a nós entendermos às suas dificuldades.
    Dessa linda poesia, eu destaco:
    "Quero que seja meu ânimo, minha bússola orientadora".
    Abraço fraterno

    ResponderEliminar
  2. Padre, não tem que pedir perdão, nada de grave se passou, todos compreendemos como a sua vida é agitada e agradecemos a sua vontade em caminhar connosco apesar do pouco tempo disponível.
    De resto, tudo o mais são rosas para Nosso Senhor.
    Desejo a maior força para o seu ministério, e que Deus o ajude.
    Obrigada pelas suas palavras e pela partilha do poema, gostei muito.
    Abraço

    ResponderEliminar
  3. coerência, bússola, Ele como centro da nossa vida...hum.... soa-me a familiar o eco destas palavras sentidas, mas profundamente desafiantes para todos nós!

    abraço

    ResponderEliminar
  4. Bem vi e percebi, logo de manhãzinha que não teríamos ou o teríamos mais tarde. Compreendemos o trabalho exaustivo nesse período. " Hoje quero que me faças coerente na vida e na palavras." É meu pedido também! Sua Bênção! Abraço fraterno!

    ResponderEliminar
  5. Pe JAC,

    Sim, certamente compreendemos.Não há o que se desculpar, sei que esses dias são muito corridos. Aqui na minha cidade, nas paróquias está ocorrendo muito desprendimento de todos os padres para atender a todos nós. Eu estou muito Feliz pois percebo o quanto todos nós estamos compromissados, dedicando-se e muitos voltando para casa do Senhor, Cristo Jesus, que tanto nos ama.
    Linda poesia que partilhaste conosco. Uma frase Saltou no meu coração e quero a cada dia abraçá-la mais,

    "...Que sejas minha força:
    Tua Palavra alimento,
    Tua amizade entusiasmo.
    E Tu sejas sempre o meu centro..."

    abraços fraternos,

    Gisele

    ResponderEliminar
  6. Tu és Senhor a nossa bússola
    Quem orienta o rumo do nosso andar
    És o único que nunca cansa nem desiste
    Alivias os trilhos e a insegurança do caminhar.

    ResponderEliminar
  7. Não se desculpe, porque tens uma linda vocação e ajuda ao próximo, que Deus continue te abençoando e capacitando cada vez mais.
    Paz e Bem!!

    ResponderEliminar
  8. Há imagens que por mais bonitas que sejam entristecem quando as olhamos “dentro”. É sempre bom encontrá-lo aqui… (até porque me ajuda a encontrar-me), mas até só a imagem fez tremer.
    Parei um pouco e quando comecei a ler percebi que quase não podia. Não há tempo. O tempo passa a correr e podemos passar o dia a reclamar que ele não vai parar a ouvir-nos. O seu corre particularmente depressa… até sem dar tempo para ausências. É que quando sentimos e pertencemos a “alguma coisa”, sentimos e estamos sempre… sem tempo!
    Talvez não seja fácil entender… mas acho que é assim.
    Jesus é também assim… difícil de entender. É a Vida! É um sonho! E a sua vida é um sonho coerente, contínuo, real e verdadeiro, norteado por Tudo o que é com Ele.

    Força!

    ResponderEliminar
  9. Padre JAC
    Obrigada pela sua dedicação e pelo esforço grande que tem feito.
    Que DEus abençoe sempre os seus passos

    "Quero que sejas meu ânimo
    Minha bússola orientadora"
    Este é o meu pedido
    Abraço em Cristo
    Utilia

    ResponderEliminar
  10. Sr. Pe. JAC,
    Muito obrigada pelo todo o trabalho que desenvolve em favor de todos os irmãos.
    É para nós um exemlo do que é Caminhar na Quaresna e em todos os dias!
    Muito belo o seu poema:
    "Que sejas minha força:
    Tua Palavra alimento,
    Tua amizade entusiasmo.
    E Tu sejas sempre o meu centro.

    ".
    Que o SEnhor seja sempre o meu centro também.
    Muito obrigada e
    abraço fraterno.
    Ailime

    ResponderEliminar
  11. Obrigado amigo Padre José António, por teres abraçado a tua vocação sacerdotal.

    A tua partilha hoje é bela, mas a melhor partilha foi tudo quanto hoje fizeste pelos outros levando-lhe o doce consolo de Deus.

    Um abraço amigo em Cristo

    ResponderEliminar
  12. Sr.Pe.Jac
    Bela oração a sua!E começa logo por uma profissão de Fé!Quero que sejas meu ânimo
    Minha bússola orientadora.Faço minhas as suas palavras.

    Muito obrigada !
    Paz e Bem!!!

    ResponderEliminar

Alma que espera...

A esperança é sempre uma boa aposta se for esperança em Deus. Ele é que é a fonte da esperança e Ele não desilude! Eu confio...