5 de dezembro de 2011

Advento 2011. Reaprender a solicitude!


Ouvi, ó povos, a palavra do Senhor
e proclamai-a até aos confins da terra.
Não temais. Deus vem salvar-nos.

A passagem do tempo e da história traz consigo alterações significativas do modo de ser e de viver das pessoas.
Não vivemos alheios a essas mudanças que trazem coisas positivas e outras, tantas, negativas.
Uma das que se vai perdendo, acentuadamente, é a atenção e a solicitude pelos outros. Atenção simples, gratuita, desinteressada… por exemplo, a solicitude em ajudar a atravessar a rua ou ajudar a transportar um saco.
Gestos que o tempo vai gastando e que a novas gerações vão perdendo, infelizmente.
Aqueles que, no evangelho de hoje, transportam o paralítico até Jesus, dão-nos esse exemplo de solicitude, de solidariedade, de amor, de CARIDADE.
Esta pode ser uma excelente (re)aprendizagem neste Advento. Oxalá sejamos capazes, para podermos ver maravilhas!

E rezemos:
Escutemos o que diz o Senhor:
Deus fala de paz ao seu povo e aos seus fiéis.
A sua salvação está perto dos que O temem
e a sua glória habitará na nossa terra.

Encontraram-se a misericórdia e a fidelidade,
abraçaram-se a paz e a justiça.
A fidelidade vai germinar da terra
e a justiça descerá do Céu.

O Senhor dará ainda o que é bom
e a nossa terra produzirá os seus frutos.
A justiça caminhará à sua frente
e a paz seguirá os seus passos.

Descobrir o essencial!

Diante do Senhor que vem, reconhecemos que os nossos caminhos não são os seus (cf. Is 55, 9) e somos impelidos a converter-nos, a mud...