1 de agosto de 2012

Dois anos de Missa Nova! Graças, Senhor

Há dois anos atrás na paróquia de S. Torcato, em Guimarães, apresentava-me aos meus conterrâneos e amigos presidindo, no belíssimo santuário, à chamada Missa Nova.

Tratou-se, basicamente, de um dia de festa popular, aberta a todos e absolutamente inclusiva (até para os que chegavam de excursão!).

Lágrimas, choro, palmas e alegria... houve de tudo. E tudo guardo no coração.

Recordo e agradeço o dia e a vida, Àquele que me chamou a ser sacerdote do Seu Filho.
Nesse dia, cantaram-se estes versos que escrevi:







Eu quero agradecer
O dom do Teu Amor
Ofertar o meu ser
Servindo o Evangelho
De Cristo meu Senhor.

Eu quero entregar
Meu sangue e meu suor
Para anunciar
O reinado de Deus
Que é o Salvador.
Quero ir pelo mundo fora
Sem nunca desistir
E quando for a hora
De regressar ao Pai
Estar pronto a partir.
Sei que me esperarás
Com amor paternal
E me libertarás
Desta vida mundana
Pra vida divinal.

Pe. JAC

Descobrir o essencial!

Diante do Senhor que vem, reconhecemos que os nossos caminhos não são os seus (cf. Is 55, 9) e somos impelidos a converter-nos, a mud...