29 de dezembro de 2012

Sagrada Família de Jesus, Maria e José





A verdadeira razão do Natal
cresceu depressa e especial.
Jesus já vai ouvindo e cumprindo
a vontade de seu Pai.

Cresce em graça e sabedoria,
cresce, como nós, mas diferente,
inteiro e irreverente, mas não rebelde...
Cresce na delicadeza do Amor
vivido dia-a-dia na Sagrada Família.

Eis que aos doze anos, em Jerusalém,
na Sua aguçada e inteligente procura,
fez da "casa" do Pai Sua casa segura
desafiando aos doutores a ciência
com a Sua tão divina sapiência.

Como filho obediente, à escuta,
com Seus pais voltou a Nazaré.
Fica já a lição para Maria
e mesmo sem compreender, guarda:
O Filho deve estar na casa do Pai
e Jesus já está nas coisas de Deus!


Pe. JAC

1 comentário:

  1. Jesus tem a mais bela e admirável inteligência: a de sentir e ser.
    Obrigada por me ensinar de formas tão bonitas a ser um bocadinho mais ao Seu jeito.

    ResponderEliminar

Alma que espera...

A esperança é sempre uma boa aposta se for esperança em Deus. Ele é que é a fonte da esperança e Ele não desilude! Eu confio...