7 de abril de 2013

A Páscoa é porta aberta! Poema no II domingo da Páscoa




É por milagre de amor e com encanto
que entre nós vive Hoje o Senhor
que se oferece como paz e com amor
e num sopro faz-nos sentir o Espírito Santo.

As feridas de Jesus não acabaram
as suas chagas ainda perduram
e são desafio constante à Fé...
Mas não nos fechemos logo, como Tomé,
acreditemos mais além do que (não) se vê!

Tocados e rendidos ante as marcas do amor
não nos abandonemos no Senhor
a não ser por nos sentirmos abraçados
apesar das nossas quedas e pecados.

Agora mais que nunca a Vida é certa!
Porque Jesus está vivo, ressuscitou:
com a força do Espírito que nos doou
anunciemos que a Páscoa é porta aberta!



Pe. JAC

Descobrir o essencial!

Diante do Senhor que vem, reconhecemos que os nossos caminhos não são os seus (cf. Is 55, 9) e somos impelidos a converter-nos, a mud...