20 de abril de 2013

Voz que chama e que ama. Poema no quarto domingo da Páscoa




Conheço a voz que me chama...
É sussurro, é encanto, é canção.
Sei que é Deus que me ama
Ouço-O, distinto, no coração.

Ele é o Bom Pastor.
Conduz-me todos os dias,
Com toda a paciência do Amor,
Vive comigo dores e alegrias.

Caminhar é quase instinto,
Mas seguir Jesus é decisão...
Decidir pelo que sei e sinto
Rumo Àquele que me fala ao coração.

E assim vou continuar
A seguir Jesus e a crescer
Na certeza de nunca perecer
Enquanto a opção for amar.





Pe. JAC

2 comentários:

  1. De facto, há vozes que conduzem o coração à sentida opção de Amar.
    Obrigada... Reconheço em si um bom pastor.

    ResponderEliminar
  2. A voz deste inigualavel Amor é inconfund+ivel e só nos leva para a frente : a Amar.
    Lindo, lindo este poema e o que li atras. que Deus abençoe cada passo do seu caminho.

    Malu

    ResponderEliminar

Fidelidade (Great Is Thy Faithfulness)

A fidelidade do Senhor permanece para sempre!