2 de novembro de 2013

Acolher para converter. Poema no XXXI domingo





Corre, Zaqueu, para ver Jesus
E sobe, talvez, para se esconder
É Jesus quem acaba por o ver
E dar-lhe novo sentido, nova luz.

Desce, Zaqueu, que Jesus quer-te ver
Ele precisa a tua humilde morada.
E aí se inicia a tua nova estrada
Que vai do acolher ao converter.

A Salvação de Deus chega ao coração
Que se abre e reconhece pecador
Precedendo sempre o nosso passo.

Antes mesmo de O buscar, na oração,
Eu já fui encontrado pelo Senhor
Que, de baixo, me acolhe num abraço.



Pe. JAC

Refulgir a Luz. [João Baptista]

João Batista é “a voz que clama no deserto, que “aplaina o caminho do Senhor”. Ele foi enviado por Deus como precursor e como “testemun...