15 de fevereiro de 2014

Amar é dizer "tu não morrerás". Poema no VI domingo comum




Para que a lei tenha valor
E seja respeitada com rigor,
Experienciada com temor,
Deve ser vivida como Amor.

Porque amar é dizer:
"Tu não morrerás!"
E nós tantas vezes matamos
Só porque não amamos.

Regressar à pessoa, sempre à pessoa,
Eis Jesus a encher de vida a antiga lei.
Se tu não estás bem com o teu irmão
Como pode estar tranquilo o teu coração?!

Subamos às alturas do monte
Para escutar do Mestre da Vida,
A palavra que faz construir ponte
Com a vida toda, com toda a vida.

No alto do monte não viveremos
A não ser na presença do Senhor.
Desçamos aos caminhos lamacentos
Para os encher de um amor maior.



Pe. JAC

Descobrir o essencial!

Diante do Senhor que vem, reconhecemos que os nossos caminhos não são os seus (cf. Is 55, 9) e somos impelidos a converter-nos, a mud...