18 de dezembro de 2017

Refulgir a Luz. [João Baptista]


João Batista é “a voz que clama no deserto, que “aplaina o caminho do Senhor”. Ele foi enviado por Deus como precursor e como “testemunha da luz”, para despertar a fé. 
Ser testemunha da luz como João Batista é não ser auto-referencial, não centrar-se em si mesmo nem dar importância a si mesmo, nem centrar "holofotes" em si mesmo. É não ter luz própria mas refulgir uma outra luz. É viver de maneira convicta que Deus é a Luz verdadeira.
A testemunha da luz não fala muito, vive com Deus, comunica o que faz viver, transmite a Boa Nova, convida a crer, a esperar e a amar. Com a sua própria vida de testemunho atrai, desperta e contagia, pois transmite a confiança em Deus. 
Assim, a vida está cheia de pequenos testemunhos no nosso dia a dia. São pessoas cheia de de fé, humildes, pessoas boas que vivem segundo a verdade e o amor. Elas são testemunhas da luz que aplainam o caminho para Deus e são exemplos da Boa Nova para nós.

Entrevista ao "De Colores"

Quando chega um qualquer dissabor fixo-me naquele primeiro amor que me fez firmar a vida toda em Cristo, transformando as dificuldades e...