21 de maio de 2009

Maria, Mãe de Deus




Virgem santa gloriosa
De todas a mais formosa
Entre as mulheres da terra.

Ó santa Mãe de ternura
Imaculada e pura
Nosso canto a Ti se eleva.

No teu ventre, Jesus recebeste
E ao mundo apareceste
Como excelsa Mãe de Deus.

Nesta vida, caminhantes,
Atentos e vigilantes,
Conduz-nos até aos Céus.

Ó Maria Mãe de Deus
Abençoa os filhos teus
Te pedimos nesta hora.

E no fim da nossa vida
Senhora amada e querida
Vamos a Ti sem demora.

inédito José António Carneiro

Descobrir o essencial!

Diante do Senhor que vem, reconhecemos que os nossos caminhos não são os seus (cf. Is 55, 9) e somos impelidos a converter-nos, a mud...