26 de junho de 2009

Tu sabes tudo, bem sabes que Te amo



Confortas-me, Senhor, com a tua Palavra.
Reconfortas-me sempre que caio.
Estendes a mão e tiras-me do lamaçal
Dás-me alento e esperança.

Peço perdão por tantas quedas
Tantas desilusões que causo.
Reconheço-me fraco e limitado.

Diante desta minha condição,
Tu te manifestas ressuscitado.

Agradeço a tua compreensão, o teu amor,
A tua confiança e a tua pedagogia,
O teu modo de estar e o teu jeito de ser.

Quero corresponder ao chamamento de amor
E ao seguimento.

Quero seguir-Te amando-Te mais do que tudo,
Sem reservas, sem planos ,só confiando.

Que eu saiba só amar e dizer
“Tu sabes tudo, bem sabes que te amo”.

4 comentários:

  1. O José é convicto na sua atitude em relação a Deus e partilha-a com todos nós!
    É dedicado!
    Obrigada .....por ter essa vontade e à vontade.

    Oxalá..............................existissem mais homens assim.
    lol
    :)**

    ResponderEliminar
  2. Eu também O quero seguir, mas às vezes não o faço do melhor jeito! Tropeço tantas vezes no caminho, que me custa levantar! Fico com dúvidas, que não sei qual o mais correcto a seguir.

    ResponderEliminar
  3. Coisa imaginada: a fé que não se apega, apaga-se. Eu partilho a minha para a fortalecer em primeiro lugar e, depois, para testemunhar ao mundo a beleza e a grandeza de acreditar em Deus.

    Conceição: as quedas fazem parte do caminho. Não é mal nenhum cair - eu próprio caio todos os dias... Mau é ficar no chão, caído, na lama, sem força para se levantar. Cristo caiu no túmulo, desceu à mansão dos mortos, mas levantou-se vitorioso.

    obrigado pelas visitas e comentários. Também eles me ajudam a pensar a minha fé.

    ResponderEliminar
  4. Não posso deixar de agradecer a resposta que deu ao meu comentário.Estou farta de chorar perturbada, com a comparação que faz com Jesus. Acho que não mereço tanto!Obrigada.

    ResponderEliminar

Fidelidade (Great Is Thy Faithfulness)

A fidelidade do Senhor permanece para sempre!