28 de outubro de 2010

Um ano em Águeda e 100 dias de padre


Quis Deus, na sucessão dos dias e na evolução dos tempos, que passasse um ano da minha chegada a Águeda (28 de Outubro de 2009) precisamente no dia que completo 100 dias de sacerdote (18 de Julho de 2010).
Uns podem dizer que é obra do acaso, eu prefiro ver como sinal de Deus…
Estamos habituados a ver a avaliação dos 100 dias ou de um ano a muitos níveis. (Por exemplo, 100 dias de governação de Sócrates, ou 1 ano de Obama à frente dos destinos dos EUA).
Não quero entrar por aí. Não se trata de fazer estatísticas.
Hoje quero apenas agradecer, porque é o sentimento que em abarca.
Agradecer a Deus o dom da vida, da fé, do sacerdócio e tantos dons!
Agradecer a família, a humana, de sangue, sempre o porto seguro onde me encontro, âncora das tribulações e das dificuldades!
Agradecer a família, a espiritual, a Igreja, o espaço da comunhão, da partilha, do crescer junto, de mãos dadas, em comunidade, ou seja em comum unidade de vidas e de vontades!
Agradecer tantos amigos, perto e longe, mas com um lugar no seu coração para mim!

A Diocese de Aveiro, o Arciprestado de Águeda, as Paróquias da UPA tem sido um tempo/lugar formidável, para o meu crescimento enquanto Padre-Pastor, à imagem do Coração do Bom Pastor, o Senhor que ama e que chama…
A vida sacerdotal e serviço, entrega e doação.
Quero continuar a ser transparência de Deus, na vida concreta e diária das pessoas. Quero ser sinal que aponta e indica, pedindo sempre ao Senhor a capacidade apontar o caminho e nunca ofuscar a sua Luz.
Quero hoje, como sempre, ser mais e continuar a ser padre para Deus e para quem mais precisar.


Ser mais com Cristo

Ando em busca do sentido
Que me leve à felicidade
E quero alcançar a verdade
Que tantas vezes tenho perdido.

Ser mais à tua imagem
Ser mais como Jesus
Ser mais é uma vantagem
Carregando e levando a minha cruz.

Só por Cristo eu vou certo
Só com Ele ando perto
Só em Cristo estou aberto
A ser mais e melhor e a não parar!

Pe. JAC

Refulgir a Luz. [João Baptista]

João Batista é “a voz que clama no deserto, que “aplaina o caminho do Senhor”. Ele foi enviado por Deus como precursor e como “testemun...