26 de setembro de 2012

Diário da Missão Jubilar. As belas heranças recebidas. D. Manuel de Almeida Trindade


Diário da Missão 6
Depois de D. João Evangelista e de D. Domingos da Apresentação, a Diocese de Aveiro conheceu o seu terceiro bispo depois da Restauração em 1938. Trata-se de D. Manuel de Almeida Trindade que nasceu na freguesia de Monsanto da Beira (diocede de Portalegre-Castelo Braco). Ainda criança veio viver com seus pais para Avelãs de Cima (Anadia) terra da naturalidade de seus pais.

Do seu episcopado, ao longo de 25 frutuosos anos, destacamos a sua preocupação pela formação doutrinal e apostólica do laicado, segundo a doutrina do Concílio Vaticano II, no qual participou, mesmo antes de tomar posse da Diocese.
Promoveu a construção da casa diocesana de Nossa Senhora do Socorro, em Albergaria-a-Velha, sobretudo para a formação de leigos.
Criou o Círculo de Cultura Católica continuou as visitas pastorais na linha do modelo do seu antecessor, D. Domingos.
Promoveu a vinda para Aveiro de uma comunidade de religiosas contemplativas – as carmelitas. Depois, abriu o Seminário de Calvão a alunos e a alunas externos e trouxe para a Diocese o Movimento dos Cursos de Cristandade em 1963.
De D. Manuel, pelo que significou de mobilização, de animação cristã do mundo e de impacto na vida social e política portuguesa nos últimos 25 anos do século passado, destaca-se a “manifestação dos cristãos”, que decorreu em 13 de julho de 1975 na cidade de Aveiro, em que participaram muitas dezenas de milhares de pessoas. Das palavras do então bispo de Aveiro retemos o seu brado final:  “Existem cristãos em todas as Dioceses de Portugal. Oxalá que o exemplo de Aveiro os desperte, do Minho ao Algarve. E se apresentem em massa a apoiar os seus bispos. Que os cristãos adormecidos acordem finalmente. Acordem! Acordem!”.  E, de facto, a voz de D. Manuel foi ouvida uma vez que  “manifestações” do mesmo género se repetiram em Viseu, Bragança, Coimbra, Leiria e Braga.
Mais aqui

Refulgir a Luz. [João Baptista]

João Batista é “a voz que clama no deserto, que “aplaina o caminho do Senhor”. Ele foi enviado por Deus como precursor e como “testemun...