13 de março de 2013

Papa Francisco... Para já perplexidade e oração!






Depois da alegria e da euforia e até da surpresa da escolha que nos veio de Roma, num dia frio, eis que, com os meus botões, me ponho a pensar melhor (discernir) acerca da escolha dos cardeais.
O novo Papa da Igreja é o Cardeal Jorge Mario Bergoglio, Papa Francisco I, que nasceu em Buenos Aires, na Argentina, em 17 de dezembro de 1936. Tem 76 anos.
É o primeiro Papa jesuíta. Formou-se como técnico químico, mas depois escolheu a via do sacerdócio e entrou para o seminário de Vila Devoto. Em 11 de março de 1958, passou para o noviciado da Companhia de Jesus. Completou os estudos humanistas no Chile e em 1963, de volta a Buenos Aires, formou-se em Filosofia na Faculdade de Filosofia do colégio máximo São José de São Miguel.
De 1964 a 1965, ensinou literatura e psicologia no Colégio da Imaculada de Santa Fé e, em 1966, ensinou essas mesmas matérias no Colégio do Salvador, em Buenos Aires.
De 1967 a 1970 estudou teologia na Faculdade de Teologia do Colégio São José, de São Miguel, onde se formou.
Em 13 de dezembro de 1969 foi ordenado sacerdote.
Depois de tantas considerações acerca do perfil do novo Papa, que ouvimos de todos os quadrantes, de dentro e de fora da Igreja, que deveria ser escolhido alguém com o vigor e a vitalidade que, por idade e saúde, faltou a Bento XVI para conduzir a barca de Pedro, olhar para a escolha que os cardeais fizeram de um homem com 76 anos, deixa-me, no mínimo, perplexo...
Tão perplexo quanto ao facto de ser um argentino, o primeiro Papa que vem da América do Sul e também o primeiro jesuíta.
Tão perplexo quanto a escolha do nome inédito, Francisco...
Tão perplexo quanto a afamada simplicidade e bondade que o caracterizam...
Estou perplexo até porque já ouvi que alguns anos de Bergoglio conduzirão a profundas reformas e mudanças na Igreja...
Francisco I é o meu Papa porque creio que é Deus que assim o quer. E a vontade de Deus nem sempre é evidente diante de nós. Mas, que nos quer Deus dizer por meio desta escolha e deste Papa? Continuo a discernir...
Para já rezo por ele porque sei que ele já reza por nós.

Pe. JAC

Sem comentários:

Enviar um comentário

A Deus o que é de Deus!

De Deus é a terra é tudo o que ela contém, de Deus é o homem, aquele homem que é como um sopro que passa, mas que também é um pouco infe...