12 de abril de 2014

Morrer de Amor! Poema no Domingo de Ramos

(foto tirada em Colónia, Alemanha)

Jesus assume a sua missão no mundo:
ensina o sentido mais profundo,
Da Vida que nasce da Páscoa,
Da Paixão que é só Sua
Para que a façamos nossa.

Preso à Cruz do Amor
Deu à Vida todo o esplendor
Oferecendo-Se, inteiro, na Cruz,
Ofusca a morte com a eternidade da Luz.

Cada gesto, cada palavra de Jesus 
Banhada do excesso do dom
Absorve e dissolve o nosso sombrio tom
Do pecado e da morte.

A Cruz é o lugar onde Deus se torna amante
porque morrer de amor é coisa de Deus!

Por ti, por mim, por nós, Jesus morreu!
Por ti, por mim, por nós, Jesus vive!

Em ti, em mim, em nós!

Pe. JAC 

Entrevista ao "De Colores"

Quando chega um qualquer dissabor fixo-me naquele primeiro amor que me fez firmar a vida toda em Cristo, transformando as dificuldades e...