6 de abril de 2014

Poemas no V domingo da Quaresma




Trato de amizade!

Livres dos túmulos da nossa morte,
Erguidos sob a voz que grita forte,
Todas as pedras estremecem
E todos os dias são vãos...

A dança da vida que irrompe
É mais bela que a dança da morte.
É vida presente em abundância,
Eternidade já aqui na terra!

Assim queiras tu viver aquela morte
Que por Cristo Vivente se configura
Em torrente de vida abundante.
E erguido do sono mortal,
Vivo e em liberdade,
Agradeças ao Autor da Vida
O trato da sincera amizade.


Atreve-te a viver

Não há razão que faça entender
O que o precisa sentir o coração...
É preciso pulsar o Amor e crer
No divino milagre da ressurreição.

Choravam a morte de Lázaro
Quando Jesus apareceu
Para ser cura, Vida e amparo,
Para ressuscitar aquele que morreu.

Atreve-te a ser desafiado,
Pelo Filho muito amado.
Aceita viver eternamente
Sendo pobre e simplesmente crente
Naquele que é a Vida e a ressurreição
Naquele que oferece com Amor a salvação.



Pe. JAC

Fake news e jornalismo de paz (Papa Francisco)

MENSAGEM DO PAPA FRANCISCO PARA O LII DIA MUNDIAL DAS COMUNICAÇÕES SOCIAIS [13 de maio de 2018] Queridos irmãos e irmãs...