1 de maio de 2009

Vila do Conde incentiva criação de micro-empresas



Câmara apresenta medidas para combater a crise

A Câmara Municipal de Vila do Conde quer combater os efeitos da crise económica e atacar o problema do desemprego, que afecta o concelho, com um fundo de 500 mil euros, para incentivar a criação de micro e pequenas empresas. A informação foi avançada ontem por Mário Almeida ao falar deste projecto, no âmbito do Programa FINICIA, promovido pelo Ministério da Economia, através do Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e ao Investimento (IAPMEI).
O edil de Vila do Conde referiu que a adesão do município ao Programa FINICIA, para além das grandes expectativas que traz, visa robustecer o tecido empresarial do concelho, estimulando investimento, melhorando produtos e serviços e modernizando instalações.
Este programa é um mecanismo financeiro de apoio a micro e pequenas empresas com actividade essencialmente local, que podem receber até 45 mil euros cada. O fundo é constituído por 500 mil euros, sendo que 20 por cento é participação camarária e os restantes 80 provenientes de uma instituição de crédito.
Ainda em fase de negociações com a entidade bancária, uma vez que o próprio programa impõe limites à taxa de juro, a autarquia, que vai investir qualquer coisa como 100 mil euros neste programa, pretende que este fundo de apoio às empresas esteja implementado no concelho dentro de dois mês.

Mário Almeida deu conta ainda da alteração das taxas cobradas na feira semanal de Vila do Conde e do Mercado Municipal. Inserida numa política de promoção do emprego, a autarquia vai descer as taxas cobradas naqueles espaços comerciais, reduzindo-as em cerca de 30 por cento, o que implica para o município uma «perda na ordem dos 120 mil euros por ano».
Dentro destas medidas, o autarca destacou ainda que o pagamento relativo ao aluguer do espaço na feira semanal passa a ser efectuado mensalmente, num valor fixo, durante 48 semanas, em vez das 52 do ano civil, fazendo com que as despesas dos feirantes fiquem diminuídas em 30 por cento.

Sem comentários:

Enviar um comentário

A Deus o que é de Deus!

De Deus é a terra é tudo o que ela contém, de Deus é o homem, aquele homem que é como um sopro que passa, mas que também é um pouco infe...