6 de junho de 2009

Braga acolhe exposição de modelismo



Mais de mil peças de 300 artistas lusos e estrangeiros

São mais de mil peças da autoria de artistas portugueses e estrangeiros que se dedicam ao modelismo que vão estar expostas em Braga durante esta semana, em quatro pontos diferentes da cidade. A IV Exposição e II Concurso Internacional de Modelismo decorre de hoje até ao próximo domingo, dia 14, depois de alguns anos de interregno.
Organizada pela “Acesso ao pódio”, uma associação bracarense sem fins lucrativos que promove actividades de âmbito desportivo e cultural, esta iniciativa volta a acontecer em Braga depois de mais de uma década de interregno por causa da falta de apoios e incentivos. Paulo Braga, presidente da associação, disse ao Diário do Minho que este ano conseguiram-se apoios logísticos que permitiram o relançamento da iniciativa.
Câmara Municipal, INATEL, Refer e Íris e Voltares são as instituições que colaboram com a “Acesso ao Pódio” que, para além da exposição, promove um concurso dividido em diversas categorias: aviões, barcos, helicópteros, camiões, motos, maquetas, comboios e dioramas, tendo em conta as escalas das peças (1:24, 1:35 e 1:72).
Esta IV Exposição e II Concurso Internacional de Modelismo vai decorrer simultaneamente em quatro espaços privilegiados da cidade de Braga: Caminhos-de-Ferro, Inatel, Casa dos Crivos e Galeria S. Marcos. A sessão inaugural deste evento decore hoje, às 11h30, em frente ao largo da Estação dos Caminhos-de-Ferro de Braga, seguindo-se uma passagem pelas instalações da delegação de Braga do INATEL, na Avenida Central, e pela Galeria de S. Marcos e Casa dos Crivos.
A exposição estará aberta das 9h00 às 23h00 em todos os quatro espaços e, para Paulo Braga, é uma oportunidade para os bracarenses em geral, alunos, escolas e até estudantes universitários, verem com os próprios olhos peças únicas no mundo.
Segundo este responsável, esta exposição começou a ser preparada há mais de um ano e exigiu muito empenho e muitos contactos para que mais de 300 artistas pudessem expor na “cidade dos Arcebispos”. A mostra destes amantes do modelismo – recriação de peças em escala reduzidas – conta com participações de Portugal, Espanha, Brasil, África do Sul, Holanda e Alemanha.
O presidente da entidade promotora referiu que alguns dos nomes mais sonantes, quer portugueses quer estrangeiros, vão marcar presença nesta iniciativa que decorre tendo em conta o calendário das diversas exposições que se realizam no mundo sobre esta temática. António Seijas, Martin Requejo, José Carvalho ou Eduardo Graça são alguns dos expositores presentes.

Descobrir o essencial!

Diante do Senhor que vem, reconhecemos que os nossos caminhos não são os seus (cf. Is 55, 9) e somos impelidos a converter-nos, a mud...